TRANSLATE TO YOUR LANGUAGE, RIGHT NOW

AMOR AO DESTINO - AMOR FATI

Para Nietzsche, a essência do amor ao destino é a vontade de eternizar, estabelecendo um total peso ontológico ao mundo, assumindo através do autêntico Sim , a vontade de que aquilo que existe seja o que é,quer dizer,a afirmação incondicional do mundo em sua totalidade, e principalmente,para que o Sim seja afirmado de maneira autêntica e não através do falso Sim, o do "burro" que diz sim, onde em verdade desejaria dizer não!

IMPOSSIBILIDADE DE AUTENCIDADE

É alienante tomar sobre si as dores dos outros, porque ao tomarmos as dores dos outros,  faz desvia-los  de seus caminhos e de seus destinos. Se pretendemos tomar as dores do outros, nos desviamos da única coisa que efetivamente devemos fazer: criar e construir os nossos destinos!Isso não implica ,  que não devemos deixar de ajudar, apenas não podemos sofrer pelos outros.

FOCO NO PLANEJAMENTO


Ao querermos realizar tudo à força,colhemos decepções.Mudando nossas atitudes,focando no planejamento de estratégias , as portas dos caminhos se abrirão e tudo fluirá mais  harmoniosamente!Alpa!,Alpa!.

O NOVO E O VELHO

As sombras do passado invadem nossa consciência , aprisionando nossa mente, nos tornando por demais familiarizados com o velho.Nossa mente permanece com o conhecido e velho passado,temendo o desconhecido.Todavia, temos que enfrentar o novo e o desconhecido, inexoravelmente, em uma constante luta entre o que já conhecemos e o desconhecido. Devemos enfrentar com prazer a eterna aventura que o Mundo da Vida nos convida, dia após dia.Venha o novo e pereça o velho.Vamos acender a Luz e sair das sombras do passado. Afinal, Heráclito nos ensinou que tudo passa no rio da vida.Vamos celebrar o eterno devir universal com júbilo e  conformação com o que não podemos  mudar , pelo menos, por enquanto.

ABRINDO RELACIONAMENTOS

Vamos transcender as portas,as distâncias,e tudo que nos prende:abrindo novos caminhos , percorrendo novas estradas. Nunca com a mente fatigada. Vamos transcender o entrar e o sair , só assim não haverá bloqueios!

CONVITE

Não precisamos de asas para voar,basta vibrarmos em alta sintonia,ouvindo o chamado da Águia ,silenciando o Serpentear.

DIFERENÇA - CRESCIMENTO ATRAVÉS DA DISTÂNCIA

 
 Segundo Nietzsche, O superar a si mesmo deve ser concebido como  um constante movimento de diferenciação:criar a diferença onde não há aparentemente diferença.Através da auto-superação, inicia-se um crescimento, uma intensificação que lança luz através do "pathos da distância", quer dizer, da força,do afeto, do sentimento de distância das situações em nossas valorações,tão necessárias ao  nosso crescimento "interior".